Babá na hora do lanche, entre uma aula e outra, um grande divertimento.


polaroidrapha

babá

Não sei até que ponto podemos deferir essa novidade como sendo um grande sacada genial de marketing ou, quem sabe, uma grande festa do cabide entre os intervalos. Mas assim é o caso de algumas instituições privadas de todo país. Em uma disputa acirrada em busca de nossos alunos algumas faculdades estão oferecendo “brindes” como celulares, MP3, entre outros, para atrair a clientela. No entanto, a Faculdade Eniac, localizada na Grande São Paulo, resolveu diversificar e oferecer serviço de babás para se destacar.

Eu, até agora a pouco, estava me perguntando até onde posso considerar isso útil e, por incrível que possa parecer, cheguei a conclusão que é muito bom, na verdade é ótimo, pois para aqueles pais que não possuem filhos para dar de “mamar”, o que resta? Apenas a própria babá. Imagino a festa do cabide entre uma aula e outra. Divertido não acham? Queria saber onde posso me transferir… Imaginem!

Mas deixando de lado a brincadeira e partindo para o lado marketeiro que existe em mim, podemos caracterizar essa estratégia como super funcional, onde, segundo Alexandre Rodriguez, gerente de marketing dessa faculdade, afirma que muitos alunos deixavam de estudar por causa dos filhos, logo, foi dessa premissa que ele teve a idéia.

De acordo com a instituição, utilizam deste serviço 200 estudantes. Por um extra de R$ 99 por semestre, o aluno vai estudar e deixa o filho numa sala de recreação. A instituição cobra uma mensalidade de R$ 355.

Pode ser um pouco caro talvez, ou não, mas pelo menos eu pagava por um bom serviço de babá nos intervalos e se ainda vier acompanhado de biscoitos com leite. Putz, fechou!

Rapha Fernandes.

Anúncios