Surreal


polaroidluafinal

O pensamento, é armadilha do coração

Nos deixa escravos, sem opção, não há fuga

Inevitável, a lembrança, o cheiro, o momento

A música que embalou o sentimento

Inevitável também, o sorriso descarado, apaixonado

Que tentamos disfarçar, ainda que indisfarçável

Resta fechar os olhos, e voar até lá outra vez

Em busca do que já passou, é quando a realidade salta aos olhos

É preciso estar de volta

Mas, não sem planejar, o próximo momento

E que seja próximo, ainda que distante

Intenso, ainda que efêmero

Inesquecível, ainda que platônico…

 

Lua

Anúncios