Mulheres são doidas e santas


A mulher é a rainha do mundo e a escrava de um desejo. (Alguém disse isso, e é mesmo)

Eu ainda não li o livro da Martha Medeiros, mas eu concordo que ma mulher é doida e é santa, de uma forma impecável em cada um de seus lados. Toda mulher é capaz de fazer coisas que surpreendem até a si mesma.

Toda mulher possui uma santa e uma doida.

A mulher doida que existe em mim já viajou mais de dois mil km para dar um beijo na boca.

Ela já saiu escondido em plena madrugada.

E já nadou pelada.

O meu lado doido é vingativo, frio e calculista. Nem eu gosto dele =x

E quando perde o controle, grita e briga esperneia.

Não deve nada a ninguém, portanto não se preocupa com o que dizem.

Namora escondido e faz o que quer mesmo que ninguém concorde.

A doida que existe em mim compra compulsivamente. Ah, e ela mente.

A maluca que existe em mim sobe em palcos e canta.

Lá no fundo ela sabe que encanta.

A minha doida já roubou um carro por alguns instantes.

E já teve várias personalidades gritantes.

A doida que existe em mim, de tão doida, quando quer corta seu próprio cabelo.

Dirige sem carteira pela contra mão, sem cinto e ao celular. E se disser que ela é doida, ela aumenta a velocidade, porque não gosta que a chame atenção por besteiras.

Ela é tão doida que faz coisas que não podem ser ditas, mas ela topa qualquer parada.

Faz loucuras por ciúmes e a mulher doida também causa muitos ciúmes.

É camaleoa.

Uma mulher doida amarra um homem e pede para ser amarrada.

Uma mulher doida quer intensidade

Esteja ela em qualquer idade.

Anúncios