Sete características dos profissionais inovadores


O momento é propício para lembramos do antigo adágio: “Nunca siga a Multidão”. A multidão não pensa, ela é movida pelos humores e contingências do ambiente, da situação reinante naquele momento. A constatação é que a maioria das empresas, igual à multidão, movimenta-se de um lado para o outro, como “cardumes”, em função  de algum fato exógeno que as fazem, erraticamente alterar o comportamento, o humor, e a direção.

Visão e conhecimento de causa são fatores vitais em situações caóticas, entretanto as empresas erráticas, ainda que velozes, estão bem longe de um modelo a ser seguido. Velocidade é fundamental, desde que estejamos correndo na direção certa. Os executivos de visão, assim como as empresas lideres em seus segmentos, surpreendem o mercado com decisões e estratégias inovadoras, a despeito da corrente comum direcionar-se em sentido inverso.

Os melhores compêndios reputam a Einstein a expressão: “Se houver fundamento em sua visão, e mesmo assim todos forem contra as suas idéias, é bem provável que você esteja no limiar de alguma solução inovadora”.

O que dizer do perfil dos colaboradores e executivos das empresas que mudam de rumo a todo o momento sem uma razão plausível, a não ser pelo fato de que assim o fazem  porque todos os concorrentes agem desta forma?

Os executivos que participam deste verdadeiro “bando de loucos”, sem nenhuma alusão á torcida corintiana, tornam-se alienados da realidade de mercado, ou melhor, não conseguem discernir a razão de tantas mudanças, e passam a abraçar e a cultuar qualquer modismo de gestão que apareça no horizonte, ou no oceano, seja este da cor que estiver na moda.

“Esta é a boa notícia para os executivos que conseguem ter a lucidez requerida neste ambiente, embora por mais paradoxal que possa parecer: divergir da opinião e do fluxo “normal” dos acontecimentos é munição suficiente para ser taxado  como “um estranho no ninho”.

Como consultores de gestão, nos preocupamos com  os perigos da alienação no ambiente interno de nossos clientes, e até recorremos a instrumentais específicos no realinhamento mental do fator humano, partindo do coletivo, ou seja, da organização para o indivíduo, com resultados altamente surpreendentes.

A auto-regulagem proporciona às empresas e executivos, o entendimento de que o cenário caótico representa um ambiente de complexidade, exigindo o afastamento do lugar comum, para a criação de soluções inovadoras,a partir do desenvolvimento do Pensamento Estratégico, e entendendo a relação de causa e efeito de nossas ações e omissões.

Pensar estrategicamente é um exercício inexistente nas empresas que seguem a multidão e neste contexto toda forma de ousadia e inovação não só é bem vinda e necessária, como é altamente  incentivada. O perfil dos  executivos vencedores invariavelmente apresentam históricos de sucesso em ambientes caóticos, com soluções surpreendentes, e frontalmente opostas ao curso natural das tendências, ou seja: com a lucidez necessária para entender que seguir a mesma trilha dos demais não produzirá diferencial algum.

Quanto  mais benchamarking as empresas fazem, mais parecidas elas ficam. Portanto se você se sente um “peixe fora deste cardume” e não consegue aceitar tantas idas e vindas de gestões mal sucedidas, não se apavore. Você é uma pessoa normal e apresenta todo o potencial para ser um líder, um inovador na sua empresa, ou mesmo em sua carreira profissional. Abaixo você pode conferir sete características deste profissional inovador.

Perfil do Executivo Inovador

1. Expressivo poder de observação e de curiosidade.

2. Não segue a multidão e questiona opiniões unânimes.

3. Disciplina, foco e alto grau de resiliência.

4. Enxerga oportunidade onde todos vêem dificuldades.

5. Sabe se relacionar e se comunicar.

6. Capacidade para mudar e fazer acontecer.

7. Cria o inesperado e produz resultados duradouros.

viaSete características dos profissionais inovadores.

Anúncios