Oito horas em Paris


Por Júlia Linhares

Um casal apaixonado chega a cidade da luz menos de 48 horas depois de dizer “sim” a juíza de paz perante os seus 250 convidados. A euforia é tanta que seus olhares curiosos e apaixonados contemplam cada detalhe sem falar nada.

O primeiro destino é a torre Eiffel. Ao se aproximarem da torre, seus olhares se cruzam e se emocionam. Param por alguns instantes, se olham e se abraçam, como se quisessem eternizar o momento. Tiram algumas fotos, pegam o elevador e vão até o topo. Apreciam a vista e tentam imaginar como seria a noite.

De lá, seguem até a margem do Rio Sena e resolvem pegar o barco. Durante o passeio, degustam uma taça de vinho e conhecem vários pontos da cidade que seriam impossíveis de serem vistos em oito horas. O barco os deixa no mesmo ponto de partida. De lá, pegam o metrô e vão para o Arc de Thriomph, e aproveitam para passear e olhar as vitrines mais chiques do mundo na Champs Elysèes. De repente, olham para o relógio e se dão conta de que já é tarde, param em um bistrô para comer algo, e voltam para o aeroporto.

Para ele, era a sua terceira vez na cidade, para ela a primeira e foram apenas 8 horas. Mas em sua cabeça não fazia diferença, pois algo dentro dela dizia que voltaria ali e que passaria muitos momentos felizes. Seu sonho sempre foi passar a lua de mel na Itália. E isso, o seu ex-noivo e atual marido prometeu na noite em que a conheceu.

.

Foto: Náshara Silvera / Edição: Luiz Henrique Dunham

Adoro Paris!

Posted via web from Rapha Dois Reais

Anúncios