Aplicações mobile ou sites mobile – o que é melhor?


O rápido avanço tecnológico dos dispositivos móveis, somado à popularização do acesso à internet, está possibilitando que o mercado de desenvolvimento mobile faça projeções mais seguras quanto à sua evolução. Todos os novos celulares estão vindo, por padrão, com a capacidade de conexão com redes wi-fi, fácil expansão de memória, recursos como vídeo e foto cada vez mais perfeitos.

Isso cria grandes oportunidades para as empresas que desenvolvem para dispositivos móveis, tanto para aquelas que desenvolvem aplicativos nativos para determinadas plataforma, como para as que desenvolvem softwares para web. Vou colocar na mesa a minha opinião sobre aplicações mobile e aplicações mobile web.

Aplicações Mobile Web

São as aplicações que utilizam o browser como base para acesso. Utilizam o browser e sua comunicação com os recursos do celular. Um exemplo é a versão mobile do Twitter e do Facebook. Como nesses exemplos, cito sempre os que utilizam XHTML, CSS e linguagens naturais do Desenvolvimento Web, pois é daí que irão partir todos os avanços nas aplicações browser-based (mobile web). Não é que eu tenha esquecido do WAP, eu simplesmente não o considero mais.

Vantagens

  1. Menor custo de mão de obra, pois você não terá que contratar profissionais experts em cada plataforma e/ou linguagem.
  2. Sem instalação. O usuário não vai precisar “baixar” nem instalar nada no seu celular, não precisa se preocupar em ocupar memória do seu chip ou cartão de memória.
  3. Informações na nuvem. Diminui o trabalho e o risco de sincronização de informações.
  4. Reaproveitamento de código. Normalmente, as aplicações que vão para a versão mobile possuem uma versão web. Você só vai precisar de uma customização da VIEW do seu projeto e reformular a usabilidade dessa versão mobile web.
  5. Independência de plataforma. Alguém aí ainda precisa de explicação sobre as vantagens disso?

Desvantagens

  1. Acesso muito limitado aos recursos do celular.
  2. Custo no acesso à aplicação. Consumo de banda em pacotes de plano de dados.
  3. Usabilidade afetada pela falta de interação entre browser e dispositivo móvel.

Aplicações Mobile

Para o usuário, a parte mais divertida, ao comprar um “brinquedinho” novo, é navegar pela loja de aplicativos do fabricante do dispositivo móvel e instalar os aplicativos que exploram todos os recursos do aparelho, que inovam utilizando os recursos e ainda proporcionam muito entretenimento. Os aplicativos são, hoje, um dos motivos de escolha na compra de um celular – o usuário quer saber se vai poder incrementar o aparelho.

Vantagens

  1. É independente da conexão com a internet, muito menos da qualidade do sinal.
  2. Acesso total aos recursos (vídeo, aúdio e etc) do celular.
  3. Melhor usabilidade na sua aplicação, pois utiliza os padrões de layout do celular

Desvantagens

  1. Se sua aplicação necessita de enviar informações para web, ela já entra nas mesmas desvantagens da aplicação mobile web, de depender de conexão com a internet (sinal fraco, sem sinal, lentidão).
  2. Qual plataforma em que a sua aplicação roda? Você pode ser refém de uma única plataforma.
  3. Dependência de outros aplicativos, isso vale para os programadores Java de plantão.

Portanto

Hoje ainda estamos no momento de atender ao mercado. Isso quer dizer que temos demanda para aplicativos para BlackBerry, começa a demanda para Android, está consagrado o sucesso dos apps para o iPhone e todos os serviços mais utilizados e populares da web estão criando ou já criaram a sua versão mobile .

Posted via web from Rapha Dois Reais

Anúncios