Batuque nível Expert: Hand’s Dance


Todo aluno que se preze sabe batucar. Bem, não todos… Mas pelo menos fazer um “‘We Will Rock You” com a galera, no meio de uma aula chata, em plena sexta-feira, esse sim, eu aposto que já. Batucar é natural do ser humano. Fique duas horas sentando na cadeira de um consultório médico, com uma tv minúscula assistindo “Casos de Família” e seus dedos naturalmente começarão a reproduzir batuques automáticos com os maiores sucessos da música nacional e internacional. Dependendo do seu gosto, é claro.

Batucador que se preze não precisa de muita coisa pra batucar. Pode-se valer de quase tudo. Desde materiais de fácil acesso, como  lápis, canetas e escovas de cabelo (utilizadas também como microfone pelo mais experientes), até coisas mais complexas, como o volante do carro (enquanto se dirige), a cabeça do seu irmão menor, ou as panelas da sua mãe (sem ela saber, é claro). Partes do corpo como a barriga, a coxa e as costas dos seus amigos também entram nessa lista.

Por mais simples que possa parecer, o batuque é uma arte de difícil aprendizado. O ritmo, a sincronia, e até a ousadia são essencias na hora de batucar. E foi no quesito ousadia que o casal dos vídeos abaixo ganhou notoriedade! Eu já havia assistido um video deles, meio antigo, da época em que o finado “Pa-pa-parlo americano” fazia sucessso. Confere aí:

Impossível assistir e não batucar junto!

O tempo passou e eles apareceram no “America’s Got Talent”, é como se fosse um “Ídolos” da terra do tio Sam. Resolveram misturar um pouco de sapateado com a coreografia das mãos, colocaram uma música do “The Ting Things” (Hands), e adivinha? Foram um sucesso! Confere aêw:

E por fim, ainda fizeram uma paródia da apresentação deles no programa… dá uma olhadinha:

Me segue no Twitter! @Tahgore

Anúncios