As minhas várias mães


Raramente me sinto instigado a escrever sobre datas comemorativas. Se fores procurar no arquivo deste blog, verás que a única vez que assim o fiz foi no Dia dos Namorados do ano que já se foi. De cara logo digo: “Este Não é um Texto sobre o dia dos Namorados”. E realmente não era. Se agucei a curiosidade do leitor, aqui deixo o [link] do texto. Não o faço, pois tento me livrar do que popularmente chamam de clichê. Talvez pelo significado da data que hoje se comemora, ou pelo que representa para todas as pessoas, motivei-me a escrever sobre o Dia das Mães.

De cara desmitifico a mais aclamada frase dessa época do ano: “Mãe só tem uma”. Sei que não sou o único, mas posso me orgulhar ao dizer que tenho quatro mães. Cada uma com participação mais do que fundamental na minha vida. A mãe que me gerou, D. Edna; A mãe que me criou, que na verdade é minha vó, a D. Marlene; a minha tia Marley, a mãe à distância; e a D. Gorete, minha mãe ‘adotiva’. Poderia passar o resto do dia escrevendo sobre cada uma delas. Sobre os momentos de alegria que passamos juntos, as lágrimas que compartilhamos, dos ‘carões’ que nunca faltaram e o mais importante: Os ensinamentos. Mãe tem aquele dom especial de mostrar ao filho como as coisas realmente devem ser, afinal elas possuem aquele misterioso sexto sentido. E não há como discordar delas qualquer que seja o argumento. Elas sempre apresentam outro mais forte, geralmente motivado por razões emocionais. É a preocupação delas falando mais alto. Afinal, tudo o que querem é a nossa segurança.

Posso não ter sido agraciado na vida em outros aspectos. Mas não estou reclamando. Sei que tudo acontece por alguma razão, mesmo que nossa visão humana do universo não compreenda. Ter quatro mães não é pra qualquer um, me considero sortudo por isso.

É da própria natureza da existência que um dia tudo acabe. As mães também se vão, mas o que elas nos ensinam fica. Esse texto é para todos aqueles que sabem o significado da palavra mãe, não importa se são várias ou uma só, ou se ela está perto ou longe em amplos sentidos.

Feliz dia das mães, mães!

Anúncios