Vivit Sub Pectore Vulnus


Treinei, com muita força, pra que nada de ruim acontecesse. Eu repeti pra mim, várias vezes, que tudo não passara de um pesadelo, ou um sonho (ainda não sei dizer). Me convenci e sobrevivi a tudo, estou aqui.   E aí eu leio um texto e me vem você. E aí tudo muda e o mundo se acaba mais uma vez. Eu poderia não ter lido e ter ignorado a semelhança, mas eu quis mais, eu fui além e vi que cada ponto e cada vírgula era eu e era você. Éramos nós ali, não sei como, mas habitávamos em cada linha e até nas entrelinhas daquela crônica. Nossa história foi escrita por um desconhecido, pois não tive condições de o fazer. Então eu me lembrei que te fiz acreditar que a distância nos faria bem, você acreditou e eu não. Você voltou a viver e eu não.

viaÉramos Apenas Pedras….

Anúncios