O Fim do Mundo Todo Dia


polaroidmaylson

11706explosao

Mais uma vez, de novo, podemos enfrentar o fim do mundo. Somos realmente heróis!

Nosso planeta batizado terra, já passou nada mais nada menos que 29 vezes por esse grande evento – só que não.
Foram previsões e mais previsões, adiamentos com ilógicas explicações.
– Mas dessa vez vai! Dizem os… quem mesmo?
O fato é que o fim do mundo está chegando, é rentável, é absurdo, e a sensação, pelo menos para mim, é bem interessante.
Algumas pessoas, por mais incrível que pareça, estão torrando as economias, planejando grandes festas, comprando coisas que não precisam, se arriscando mais, enquanto outras preparam seus espíritos para o julgamento divino. – Elas estão certas. O fim do mundo está chegando.
– Você duvida?
Então faz o seguinte: liga a TV, em qualquer telejornal, e surpresa: O fim do mundo na sua frente e muitas vezes ao vivo. No entanto, nenhuma grande inundação, meteoros a caminho da terra ou invasão alienígena. Homens e mulheres, todos os dias, fazem da teoria Maia uma realidade, claro, longe de acontecer dia 21 de Dezembro de 2012.
A banalização da vida, as pessoas cada vez mais duras, mais solitárias, lendo menos, Caetano vendendo menos que o Michel Teló, aquecimento global, palavras como gentileza, respeito e caridade sendo esquecidas, pra não falar do amor que virou “bom dia”. É assim que caracterizo o fim. Aparentemente a raça humana desistiu de evoluir, lembrando que falo de uma evolução para dentro e não para fora, ninguém mais quer arder de paixão, ser consumido por uma loucura de amor, as pessoas perdem a oportunidade de fazer algo bom para o próximo, como se isso fosse bom pra si mesmo, boa parte desses são aqueles mesmos que estão “preparando seus espíritos para o julgamento divino”. O mundo acaba um pouco, todos os dias.
Mas finalmente, dia 21 de Dezembro acordaremos como sempre acordamos, tomaremos nosso café forte, iremos trabalhar e postar nas redes sociais que “finalmente chegou sexta-feira”, e que pode ser a última. Os shoppings e cinemas irão abrir normalmente, muitos irão a praia, outros irão para algum retiro espiritual que custou 700 reais, no mínimo. Pessoas serão assassinadas, nenhuma vai ressuscitar, os hospitais estarão lotados e as filas nos bancos serão as mesmas. Terão algumas baladas temáticas, grupos de amigos irão fazer loucuras para garantir que aproveitaram a vida e as prostitutas vão faturar mais que o normal. Ninguém vai ler mais ou ouvir Caetano. Não haverá mais investimento em educação e não haverá grandes mobilizações para salvar o planeta das mudanças climáticas.
Dia 22, alguns acordarão na cadeia, outros estarão mortos, endividados, felizes e com ressaca. Ainda tem os que irão curtir a praia no sabadão e ver o futebol.   A vida seguirá assim, imperfeita e extraordinária. 2013 quase chegando. E o fim do mundo? Ah! Adiado para 2033, dois mil anos depois da morte de Cristo. Como aproveitar a prorrogação? Faça a mudança dentro de você. Jogue fora o que é velho e dê espaço para o que é novo e bom. É de graça.

@maylsonhonorato