Novas Versões…Whitesnake

por

Whitesnake é uma dessas bandas incríveis que agitou no final dos anos 70 e na década de 80.   E uma versão muito linda da Audra Mae para a música do Whitesnake.

Rapunzel Decide Morrer

por

A queda Escolheu não escrever um bilhete. Todos entenderiam os motivos que a levaram a fazer aquilo. Não sentia remorso, longe disso!  A sensação era de que aliviaria não só o seu sofrimento,… Continuar lendo

II COALTI – Congresso de Tecnologia da Informacao em Alagoas

por

II COALTI O Congresso de Tecnologia da Informação em Alagoas, ocorrerá nos dias de 15, 16 e 17 de outubro, no hotel Maceió Mar, na cidade de Maceió – AL. No evento serão… Continuar lendo

Rapunzel Decide Morrer

por

Na Beirada Do alto daquela estrutura de aço e concreto, a jovem observava a cidade barulhenta metros de distância abaixo. Ouvia buzinas esganiçadas e pessoas andando em ritmo frenético. Os sons da vida… Continuar lendo

Que o hoje seja intenso

por

“Que (setembro) venha com bons ventos, que me traga sorte e amor, que não me deixe sofrer, por favor. Só por um mês, faça tudo dar certo, depois veremos o que vamos fazer… Continuar lendo

The Human League – Human

por

O Abraço do Caranguejo

por

O sol ainda se espreguiçava quando o barco em que estavam partiu. A captura dos caranguejos só podia ser feita com a maré ainda baixa, por isso sempre saíam cedo. Era sempre acompanhada… Continuar lendo

Vamos ser sinceros

por

Palavras não ditas, uma pluralidade. Emoções não compartilhadas, uma diversidade. Pessoas que  lutam por um amor, uma mobilidade. Triste são aqueles que amam calados. Velados, presos em um contentamento. A espera de algum… Continuar lendo

Bonita paixão

por

Depois que encontrei você minha vida iluminou, vivemos poucas histórias e momentos lindos, tudo é amor. Você com esse seu olhar brilhante, vibrante. Para todo e qualquer um instante. Me fez enlouquecer e… Continuar lendo

Longe é um lugar que não existe

por

  Essa vontade que tenho de transporta-me no vento, nesse intervalo que separa dois pontos no espaço, dois momentos no tempo. De jogar-me na imensidão dos seus olhos claros, além do pensamento. De… Continuar lendo

Crônicas de um José Tenório – Iguatemi

por

Creio eu não haver maior tortura nessa cidade do que andar de ônibus. Dentre todos os meios de transportes conhecidos para se deslocar por aqui, esse é, de longe, o mais usado. O… Continuar lendo

Ainda Te Amo

por

Ainda Te Amo To lavando a alma Chorando de emoção To lavando a alma Limpando o coração Pra te amar Mais do que eu já te amei Pra te amar Como sonhei Essa… Continuar lendo

Vivit Sub Pectore Vulnus

por

Treinei, com muita força, pra que nada de ruim acontecesse. Eu repeti pra mim, várias vezes, que tudo não passara de um pesadelo, ou um sonho (ainda não sei dizer). Me convenci e… Continuar lendo

Nossas 24 horas

por

Era como se tudo pudesse acontecer em átimos, vivíamos na eminência de qualquer coisa, mas tudo permanecia igual. O dia corria com suas 24 horas como era de costume: horas, minutos, e intermináveis… Continuar lendo

Um texto cheio de clichês

por

Não encontrei forma mais clichê para começar este texto do que com um “Eu te amo”. É verdade, amo-te por demais. Soa meio tolo a forma como lanço essas palavras ao meio de… Continuar lendo